O interesse pela costura é cada vez maior, tanto para quem quer apenas modificar uma peça no guarda-roupas como para quem quer desenvolver um modelo que tem em mente, além disso, o DIY (Do It Yourself) está em alta. Antigamente esse era um costume passado de mãe para filha, em algum momento podemos ter pensado que essa tradição havia acabado, mas o engajamento com a arte da costura está cada vez maior.

As dúvidas são muito comuns para quem está começando a se aventurar nesse ramo, por isso para você começar com pé direito desenvolvemos uma lista de materiais necessários para você montar um kit perfeito. Confira:

1- Tesouras: É muito importante que as tesouras sejam definidas para suas funções específicas, afinal é por ela que você irá começar o seu trabalho, por isso tenha sempre uma tesoura para cortar tecidos e uma para papel, nunca utilize aquela tesoura multiuso da casa, ela pode acabar danificando o tecido ou o molde. Procure mantê-las apenas para esse uso, para isso guarde-as onde ninguém irá encontrar.

2- Abridor de casas: A solução para muitos problemas está aqui, o abridor de casas de botões, que pode ser utilizado para outras funções como desmanchar as costuras que estão difíceis de desfazer. Os modelos variam entre os com cabos grandes e pequenos, mas isso com o tempo você irá perceber qual é o melhor para a sua mão. Tenha sempre um de reserva em seu kit, assim quando um sumir você não irá passar trabalho.

3- Agulha: Item essencial! As agulhas são importantes para compor o seu kit, não apenas por serem o principal material, mas é preciso escolher o tipo de agulha certa para cada trabalho que você irá realizar. No seu kit é preciso conter as agulhas de máquina e de mão, pois as duas possuem características diferentes, parece óbvio mas nem todo mundo sabe. As agulhas devem escolhidas de acordo com o tecido que você irá usar.

4- Alfinetes: Pode esbanjar, alfinete nunca é demais. No mercado você irá encontrar dois tipo, os normais e os com bolinhas na cabeça. Com o tempo você saber qual é o melhor para o desenvolvimento do seu trabalho. Os bolinhas na cabeça com certeza são muito fáceis de encontrar depois.

5- Fita métrica: Essencial para qualquer trabalho, o mercado possui uma variedade de fitas a venda, por isso é bom ficar atento na hora de comprar, e não escolher o modelo com marcações que não sejam a que você está acostumada. Um dica é evitar as que possuem um dos lados em polegadas, assim você não irá se confundir na hora de realizar as marcações. Prefira aquelas que são parecidas com réguas, que a mãe usava pendurada no pescoço, com a pontinha de ferro.

6- Giz de alfaiate: Essencial para realizar as marcações de montagem, os giz de alfaiate possuem inúmeros modelos, nesse caso cabe a você escolher o melhor. Em nosso site é possível encontrar modelos de grande qualidade. Confira.

7- Linha: Pode ter certeza que esse é um dos itens que você mais irá comprar, e enloquecer com a quantidade de cores que o mercado te oferece. As cores básicas são: branca, preta, creme, marinho, marrom. Mas esse é um item que você deve escolher com cuidado, visando sempre a qualidade. Para cada tipo de tecido você irá encontrar um fio específico, confira nossos produtos.

8- Bobina: Cada máquina irá usar um tipo de bobina, no mundo da costura tudo é muito específico, apesar de adaptações serem feitas ao longo do caminho. As máquinas flex ainda não entraram no mercado, mas futuramente esperamos essa melhora no equipamento.

9- Régua: Apesar do kit já possuir uma fita métrica é sempre bom possuir uma régua de 60 cm por perto. Escolha as réguas de acrílico que possibilitam melhor visibilidade.

Para saber mais confira o vídeo da nossa parceira Alfinetadas da moda: